Selecionar album para tocar

previous next
Palhaços da Avenida
próximo show  -   Feijoada Paroano Sai Milhó no Santa Música
FALTAM:
DIAS HORAS MINUTOS SEGUNDOS
Player
 

Publicações

“PAROANO SAI MILHÓ” PROMETE ÊXITO TOTAL
Mais um cordão foi organizado para animar o carnaval baiano. Trata-se do “Paroano sai milhor”, formado por um grupo de 10 rapazes do Godinho19, que sairão fazendo vocal das músicas carnavalescas.
O bloco, segundo nos informou os seus dirigentes, vai abafar no Reinado de Momo. Inclusive a sua indumentária, baseada em estilo mexicano e inca, numa criação de Antonio Carlos Mascarenhas. Além disso o bloco vem ensaiando há quatro meses, o que representa de fato um sucesso total para os festejos de Momo.
(JORNAL DA BAHIA, 5 de fevereiro de 1964, p.10)

 

COMO SURGIU “PAROANO SAI MILHÓ”
Em fevereiro do ano passado, faltando apenas 8 dias para o Carnaval, estavam Antônio Carlos, Pimentel e Raimundo, três dos mais animados foliões do Godinho e componentes de um trio vocal, discutindo a possibilidade de formarem um bloco para o Carnaval. Entretanto, não havia surgido nenhuma idéia e já estavam quase desanimados quando ouviram, por uma emissora local, uma música carnavalesca muito antiga. Começaram a cantá-la em vocal e logo depois Antônio Carlos gritou: “Arranjamos um estilo”. Porém, três vozes na multidão seriam como agulha no palheiro. A solução seria convidar mais alguns trios e o fizeram. Veio, então, “Os Praianos”, composto por Tacir, Zelito e Fernando e o conjunto “Ritmo e Bossa” composto por Luiz Carlos, Fan20, Ribeiro e Armando.
O PRIMEIRO ENSAIO
Faltavam seis dias para o reinado de Momo I e único. A animação era geral, mas faltavam instrumentos, indumentária e principalmente os arranjos das músicas. Em meio àquela confusão alguém disse: “É assim mesmo, paro ano sai milhó” e foi o bastante para batizarem o grupo, denominando-o de “Paroano Sai Milhó”, cujo samba chefe foi logo composto21, e durante os cinco dias seguintes os ensaios foram intensivos, até altas horas da noite. Cantando baixinho, quase sussurrando, naturalmente, para não incomodar os vizinhos.
NO PRIMEIRO DIA DE CARNAVAL
Com fantasias inéditas e um bom repertório, saíram do Godinho às 16 horas, no primeiro dia de Carnaval e foram diretamente para a Avenida Sete22, trecho de São Pedro. O sucesso foi completo. Pessoas que acompanharam de perto as apresentações do grupo, durante os três dias de folia, chegaram a afirmar que o “Paroano Sai Milhó” foi a jóia do Carnaval Bahiano23 de 1964, boites para fazer várias apresentações.
CARNAVAL 65
Este ano, o bloco se apresentará nas ruas da cidade sábado à noite, com maior número de figurantes e com fantasias de extremo bom gosto, baseada em motivos primitivos. Para que o grande público tenha uma idéia antecipada do conjunto, está sendo programada uma apresentação do mesmo, pela TV Itapoan24.
(A TARDE, 11 de fevereiro de 1965, p.12)

 

O Paroano Sai Milhó sairá com 17 componentes, durante os três dias, ao contrário dos anos anteriores que somente iam às ruas aos domingos e terça, e pela primeira vez participarão do concurso promovido pela Superintendência de Turismo de Salvador, muito embora ainda não tenha uma categoria específica nos certames, pois são classificados como conjunto vocal carnavalesco.
(DIÁRIO DE NOTÍCIAS, 19 de janeiro de 1967)

 

Apesar da receptividade do público, que atesta o sucesso do grupo, o Paroano acalenta o sonho – „que esperávamos realizar esse ano do Jubileu‟, lamenta (Chico) Mascarenhas – de gravar um disco. Na gravação estariam as cinco músicas-tema do bloco, entre outras que integram um repertório de aproximadamente 300 melodias.
(A TARDE, 10 de fevereiro de 1988)

 

 
 
previous next
X